Parapente: Paixão por voar

Escrito por em 06/09/2019

PARAPENTE: PAIXÃO POR VOAR. 

“Em 1982, quando ainda garoto, comecei no voo livre de Asa Delta, em Sapiranga RS”, conta o protagonista desta histórica-aventura, Carlos Alberto Dal Molin Silva, o “Alemão. E ele mesmo continua …

“Desta época mágica guardo belas lembranças…

Poder estar no ar, voando com os pássaros…

Entendendo como o ar se movimenta…

A arte do voo é se conectar com a natureza, saber seu lugar nela, com humildade e consciência.

Desenvolver a paciência e a percepção.

Esses princípios invadiram meus sentimentos de garoto e são a base de nosso ensino na Parapente Sul.

Minha geração foi movida pelos esportes de ação como voo livre, skate, surf, capoeira, canoagem…

Floripa a “meca”!  E foi para cá que vim em 1984, morar na Lagoa da Conceição, embaixo da rampa de Asa Delta, no pé do morro.

Voar e sonhar tem algo em comum, afinal voar habita o imaginário da humanidade, desde a Grécia antiga, com as lendas de Dédalo e Ícaro.

Voar em Floripa então? Difícil saber se não é sonho, um visual destes.”

O restante da história está no site deles: http://parapentesul.com.br

Acompanhando a velocidade do mercado mundial, a Parapente Sul sem dúvida, é uma das maiores escolas do Brasil.

Quer escolher alguém da família pra fazer o vôo?

 

Créditos: parapentesul
Acesse: www.parapentesul.com.br

Opiniões do leitor

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *



[Não há estações de rádio no banco de dados]